Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livro de Reservas

Bem vindos! Sou apenas uma Turista cheia de bagagem, em viagem pela Vida, registando Reservas aqui e ali num Hotel chamado mundo.

Livro de Reservas

02.Jan.17

Cheguei a 2017.

Mi
A tentação de fazer um balanço sobre 2016 persegue-me desde Novembro, sensivelmente, desde que decidi virar algumas páginas.   2016 foi dos anos mais inesquecíveis que já tive, em termos de aprendizagens. E não é nenhum cliché. Há um ano não me imaginava com uma bagagem tão grande, tão completa, tão enraizada. Nunca passar um Ano foi tão simbólico para mim. De 2016 trouxe uma relação tão fortalecida com a minha irmã e uma relação mais profunda, adulta e consciente (...)
02.Jan.16

Olá 2016!

Mi
É em cada início de Ano que se torna oportuno fazer uma retrospecção mais profunda de tudo aquilo que tivemos oportunidade de vivenciar. Com os anos a passar, tornamo-nos mais conscientes e mais diligentes em relação às nossas acções. 2015 foi outro ano de mudanças e claro que, tal como para toda a gente, um período de aprendizagem. Sou uma pessoa extremamente dura e exigente comigo própria. Passei o ano em stress e em pressão, a maior parte das vezes angustiada, ansiosa e a (...)
19.Nov.15

It's all about Karma.

Mi
Alguém conhece o filme "Equalizer"? Podem assistir o trailler aqui, mas se tiver uma ligação de internet tão espetacular como a minha, eu poupo-lhe o sofrimento de esperar que o vídeo carregue e explico já, muito resumidamente: um senhor muito pacato e perfeccionista faz a justiça pelas próprias mãos, defendendo, secretamente, todos os desprotegidos. É isto o "core" do filme (Para quem não (...)
26.Fev.15

Considerações de quem usa óculos

Mi
Tinha eu cerca de 11 anos quando fui ao oftalmologista pela primeira vez. Fiquei radiante quando soube que teria que usar óculos. Gostei, logo de início, por me dar um ar intelectual (se bem que ter uns óculos com armação do Mickey não passaria bem a imagem que eu gostava...). Não sei se isso é possível, ou não, mas os meus olhos, que só precisavam dos seus auxiliares para ler, foram ficando preguiçosos, pois eu não largo os óculos desde aí (sim, às vezes até para tomar (...)