Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livro de Reservas

Bem vindos! Sou apenas uma Turista cheia de bagagem, em viagem pela Vida, registando Reservas aqui e ali num Hotel chamado mundo.

Livro de Reservas

06.Jan.20

2020: valorização pessoal

Mi
Um ano passa depressa quando os dias correm no seu vagar veloz. Em 2019, entrei consciente num ano que se revelou, realmente, de busca, auto-conhecimento e descoberta. Foi um ano que aprendi a lidar com o luto do meu avô e do meu tio, acontecimentos que marcaram, sem dúvida, todo o meu ano. O coração enlutado durou semanas, meses a fio e sei que é algo que permanece em mim; o (...)
19.Dez.19

Lugares insconscientes.

Mi
Há dias em que as palavras se mastigam no inconsciente, na azáfama dos dias corridos, no medo que se aloja e na esperança que espera, pacientemente, sentada num lugar dentro de mim. Têm sido, reconhecidamente, dias (semanas!) de procura, descoberta, consolidação e liberdade. Quão incrível é sentir que estou, constantemente, em caminhos tão diferentes, num rebuliço de aprendizagens. Este tempo, é-me familiar: o da incerteza, do desafio à audácia... Com garra, procuro não (...)
26.Set.19

Aconchegos de Outono

Mi
As folhas acamavam-se, lentamente, num manto castanho e húmido no que fora um jardim silvestre, não há muitas semanas. O céu estava repleto de grandes e fofas nuvens cinzentas. Sentada no banco do parque, sentia o cheiro a molhado, a fumo das chaminés, sentia uma brisa aconchegante resguardada pelo pesado casaco enquanto escondia o nariz entre o cachecol macio, e observou a Natureza em transformação. O tempo tudo leva e transforma, não apaga, apenas esconde. Que memórias se (...)
03.Set.19

A ti, Setembro.

Mi
Setembro regressa. Habitualmente, para mim, é o mês das mudanças, das novidades e do agradável imprevisto. E, como todos os Setembros, este não é excepção em termos de mudanças. Adoro o recomeçar! A sensação de que apesar de todo o esplendor dos dias de sol, o Setembro vem para que nos possamos ir recolhendo, aos poucos; faz-nos carregar na pausa, permite-nos analisar, projetar e planear os últimos 3 meses do ano; é a altura em que o que formos construindo agora, brotará no (...)