Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livro de Reservas

Bem vindos! Sou apenas uma Turista cheia de bagagem, em viagem pela Vida, registando Reservas aqui e ali num Hotel chamado mundo.

Livro de Reservas

15.Mar.16

Quem quer ser recrutado?

Mi

Há sempre um tema tendência no meu Blog, dependendo da situação em que me encontro: seja sobre trabalhar como Recepcionista, ou sobre experiências profissionais no mundo do Turismo, daí que agora o tema sobre o qual mais escrevo seja o desemprego e as minhas "aventuras" nas entrevistas de Emprego.

Hoje, sai mais um tesourinho de uma Entrevista que fui.

Vou agora fazer aqui um pequeno serviço público e deixar algumas respostas a perguntas vindas do subconsciente lunático de um qualquer recrutador.

 

Pergunta Nº 1: Porque é que se candidatou para este cargo?

O que eu respondi: Porque este cargo vai de encontro às minhas expectativas profissionais, sendo uma área que me atrai por ter tantos desafios diários.

 O que eu pensei: Porque estão a recrutar e eu estou a precisar de um emprego.

 

Pergunta Nº 2: Se já estagiou neste ramo porque é que nunca trabalhou em nenhuma empresa?

O que eu respondi: Sempre tentei concorrer para funções deste ramo, no entanto, como sempre foi imposta uma experiência mínima de 3 anos, nunca tive oportunidade de ingressar neste mercado de trabalho.

O que eu pensei: Exactamente o que disse.

 

Pergunta Nº 3: Então, se não tem experiência, porque é que acha que a devemos recrutar?

O que eu respondi: Tenho uma grande disponibilidade e vontade de aprender. Acredito que a motivação pela aprendizagem constitui um factor importante e não um obstáculo à integração no mercado de trabalho.

O que eu pensei: Oh não... perguntas sobre mim...

O que me responderam: Isso já eu estou farta de ouvir! Diga-me realmente porque é a pessoa que devemos contratar?

O que eu pensei: WTF? Isto foi sincero, sua cropólita! Estou lixada com esta m**** ... Ai queres uma resposta bonitinha, enfeitada com falsidade e presunção? Então, toma aí:

O que eu respondi a seguir: Tenho muita experiência, trazida do Hotel, em lidar com imprevistos, em contactar com diversos públicos, em gerir tarefas e tempo e tenho muito bons conhecimentos de línguas, que são sempre uma mais valia.

Sou um achado no mundo dos colaboradores! (ok..esta última parte não disse )

 

Pergunta Nº 4: Se não for seleccionada para esta vaga, tem algum plano B?

O que eu respondi: Na verdade, estou a integrar outros processos de recrutamento e vou estar a participar num projecto interessante, ainda que temporário, aqui na cidade. Sou uma pessoa que não gosta de estar parada e procuro sempre alternativas.

 

 

A tortura continuou, com a pessoa do outro lado sempre a perguntar o porquê de tudo o que eu dizia: como é que se chama? Blá, blá... E porquê? E porquê isto? Porquê aquilo?

Começo a criar aversão às entrevistas de emprego porque não sei falar sobre mim e não sei exprimir-me oralmente (problemas de pessoas introvertidas). Não sei fingir que tenho uma super auto-confiança, que sou a melhor candidata do mundo e que a todas as entrevistas que vou são para o meu trabalho de sonho.

 

(Este texto está em Desacordo Ortográfico)