Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livro de Reservas

Bem vindos! Sou apenas uma Turista cheia de bagagem, em viagem pela Vida, registando Reservas aqui e ali num Hotel chamado mundo.

Livro de Reservas

16.Set.15

Nível de Organização Pessoal: Fora de Controlo!!!

Mi

Não me lembro quando começou esta minha simpatia com a organização... Tenho uma ideia, vá... Descobri a organização quando ainda trabalhava no Hotel. Simplesmente porque sentia tudo o resto à minha volta de pernas para o ar: horários maus, sem vida social, dificuldades em ter 5 minutos com a família ou com o meu namorado...

Ao longo dos anos descobri que alivio a tensão ou o stress simplesmente arrumando uma gaveta ou comprando cestos de arrumação... ou qualquer coisa onde possa arrumar organizadamente qualquer coisa. Estou a começar de entrar no nível de obsessão. Começo a preocupar-me. E estou a falar a sério. Vamos fingir que estou num psicólogo: eu diria que estou entregue à organização e à arrumação para sentir que tenho algum controlo na minha vida. As pessoas "normais" saem do trabalho e para aliviar o stress vão comer um pastel de nata, correr no ginásio, fazer meditação, comprar uma camisola de caxemira, sei lá... eu vou directa às superfícies que vendem artigos para a casa, para arrumação. Sou obcecada por agendas, bloquinhos, cestos, capinhas, dossiers, etiquetas e mais recentemente, apps de organização... tudo com o intuito de simplificar a minha vida, os meus dias, para sentir que consigo "pôr tudo nos eixos".

Devoro livros de organização, blogs, registo dicas e fico furiosa quando aqui em casa tentam sabotar a minha organização. Se a gaveta nº3 do armário da casa de banho é para primeiros socorros, porque raio há-de lá estar uma escova de dentes??!

Adoro a sensação de tirar tudo dos armários (não de uma vez, claro. É sempre aos bocadinhos.) e empilhar as tigelas dos cereais, organizar as canecas, lavar os copos, reaproveitar o espaço do armário da despensa, dobrar camisolas e dividi-las por estações. Mas o que mais gosto é quando vejo coisas que posso deitar fora ou doar. Gosto de saber que ficou ali aquele espacinho vazio, é um alívio, na verdade. É como se tivesse libertado um pouco do "atolamento" na minha Vida.

Por um pequeno desentendimento familiar, as últimas semanas têm sido um acumular de emoções e tensão. Na útlima semana é verem-me aqui em casa, desenfreada, a organizar gavetas. E, incrivelmente (!), acabei mesmo agora de organizar (outra vez) o meu armário. Comprei uns cestos novinhos em folha, porque os meus cachecóis estavam mesmo a pedir. Descobri mesmo que o culminar do meu sistema nervoso é a organização. Sinto real necessidade de ter uma rotina, de sentir que tudo está arrumado e organizado. Depois disso, sinto-me no controlo e que tudo está equilibrado. Até vir outra coisa qualquer que me abane e me faça gastar mais 20,00€ em cestos e similares.

No fundo, não controlo nada, eu sei. Porque todos os problemas e preocupações na minha cabeça, continuam lá. Infelizmente não foi por ter agrupado os clips por cores que tudo se resolveu...

 

Alguém por aí com os mesmos sintomas?