Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livro de Reservas

Bem vindos! Sou apenas uma Turista cheia de bagagem, em viagem pela Vida, registando Reservas aqui e ali num Hotel chamado mundo.

Livro de Reservas

17.Ago.18

Coisas Fofas de 2018 #18, #19, #20 e #21

Mi

Todas as manhãs acordo com um infinito de emoções e pensamentos, frustrações, talvez. Lamentações interiores que se desvanecem com o correr do dia, mas que voltam sempre, à noite, fazendo companhia durante o sono, até me desdpertarem de novo.

Há coisas tão difíceis de perceber e ultrapassar: quando demos tanto do nosso tempo disponível a caprichos de outrém e não passamos, agora, de uma página virada, justificada pelo rumo da vida; quando não sinto que tenho tempo sequer para me sentar e arranjar as unhas; quando insisto, teimosamente, em me comparar a toda a gente, nunca achando que sou o suficiente no que faço.

Quando dou conta, o tempo voou. Encontrar coisas simples no meu dia tem sido um exercício tão difícl... Inacreditável! Inacreditável, mesmo. Tenho tudo e, mesmo assim, a simplicidade não me conforta do mesmo jeito. O que é feito de nós enquanto vivemos a vida? Porque tenho perdido eu, a maneira simples de ver tudo? A felicidade nas coisas? Como é possível nos perdermos tanto de nós só porque nos sentimos esquecidos? Porque é que tudo o que temos, todas as outras pessoas que temos, não podem ser suficientes? Podem, e são. Só há coisas, dificeís de preencher.

 

Um prólogo descabido para uma sequência de posts que, lentamente, contempla as coisas mais fofas de há muitas luas passadas...

 

1 - A minha mãe fazer-me o almoço para eu levar na marmita, no dia que dou aulas.

2 - Sairmos para festejar o aniversário da irmã do meu namorado.

3 - Começar as limpezas profundas de Primavera.

4 - Comer miolo fofinho do croissant.

5 - Ver o cine-concerto d' "O Padrinho" e acabar na Cervejaria Brasão, a comer o melhor prego da minha vida.

6 - Ele cozinhar o jantar ao sábado, para que eu chegue a casa do trabalho e possa descansar da cozinha.

7 - Sair a horas, ao Domingo.

8 - Encontrar equilíbrio na meditação.

9 - Encontrar uma confidente no trabalho.

10 - Jantar com a S., que me tem feito sorrir, sem preocupações, me faz sentir suficiente e me tem ajudado a recomeçar.  

11 - Ver os meus alunos a superarem-se.

12 - Estreitar relações no meu local de trabalho.

13 - Chegar a casa e ser recebida sempre com muito amor e carinho.

14 - Arrumar roupa.

15 - Eu e ele adoptarmos uma gata.

16 - Chegar a casa e ser recebida, euforicamente, pela nossa nova inquilina.

17 - Sair com os colegas de trabalho.

18 - Jantar com a minha irmã mais nova, em grandes confidências, num aconchego da alma.

19 - Conseguir preencher o IRS sozinha, com todos os pormenores alienígenas de recibos verdes e contratos por conta de outrem...

20 - Ele fazerr panquecas.

21 - Passar o Domingo com os meus Pais.

22 - Sentir-me aconchegada nos dias que estou mais triste e sozinha.

23 - Arrumar a casa.

24 - A minha mãe fazer-me uma visita.

25 - Abraçar-me a ele com muita força e chorar, muito, na proteção, aconchego e amor do seu abraço.

26 - Sentir alegria e libertação na minha alma.

27 - Jantar com a minha gatita ao meu colo.

28 - Ir às compras com ele.